Estás Com Dificuldades A Entender O Ciclo Celular? Estes Pontos-Chave Vão-Te Ajudar!

Se bem te lembras, já falei antes sobre a constante morte e divisão das células no nosso corpo para ilustrar a importância da replicação do DNA (se não te lembras clica aqui).

No entanto não te contei a história toda (ao fim e ao cabo todos os temas de que falei até agora estão interligados).

O processo de divisão celular é um processo dispendioso que requer muita preparação por parte da célula que se vai dividir – ela precisa de duplicar todos os seus componentes para se dividir em, pelo menos (abordo este assunto mais à frente), duas células-filha semelhantes. Para além disso é necessário assegurar a sobrevivência das suas células-filha (e evitar o desperdício de uma quantidade enorme de recursos), razão pela qual este processo passa por uma série de pontos de controlo, que poderás ver mais à frente.

Há quatro coisas que têm de acontecer ao longo da vida de qualquer célula para que ela se possa dividir. Ela tem de:

– Crescer (Crescimento celular);

Replicar o seu DNA;

Distribuir os cromossomas duplicados para as células-filha;

– Dividir-se em duas células semelhantes (não iguais!!!!! Nunca digas que são iguais, que isso não é verdade. Vão quase sempre ter algumas diferenças, nem que seja um nucleótido. Noutro artigo vou abordar este assunto com maior detalhe).

O conjunto destes processos é denominado de ciclo celular. Nas bactérias a replicação do DNA e o crescimento celular ocorrem durante a maior parte do seu ciclo celular e a distribuição dos cromossomas pelas células-filha é feita em simultâneo com a divisão da bactéria, associando-se à membrana plasmática. [1]

Nos eucariotas este processo é mais complexo e pode ser dividido em quatro fases, cada uma com as suas funções específicas (o crescimento da célula continua a ser um processo maioritariamente contínuo nas células eucarióticas). Estas são chamadas de: G1, S, G2 e M, e ocorrem por esta ordem (representada na Figura 1).

 

Figura 1 – Representação gráfica do ciclo celular. Esta representação mostra mais ou menos quanto tempo a célula passa em cada uma das fases. Sendo que a mitose é a fase mais curta. Imagem de [2].
Figura 1 – Representação gráfica do ciclo celular. Esta representação mostra mais ou menos quanto tempo a célula passa em cada uma das fases. Sendo que a mitose é a fase mais curta. Imagem de [2].

Deves-te estar a perguntar porque raio é que as fases do ciclo celular têm estes nomes esquisitos…. Tem que ver com o que acontece em cada fase:

– A fase S é chamada de fase de Síntese e é onde ocorre a replicação do DNA;

– As fases G1 e G2 também são conhecidas por fases “Gap” (provavelmente por estarem entre a fase M e a fase S, se descobrires deixa um comentário no fundo da página, a mim fazia-me mais sentido que fossem chamadas “Growth phases” – fases de crescimento). São as fases onde a célula cria as condições e verifica se está pronta para replicar o seu DNA e para se dividir, respetivamente;

– A fase M, chamada Mitose, é onde a célula efetivamente se divide (falarei com maior detalhe desta fase num próximo artigo).

Na fase G1 são feitas as mudanças necessárias para a divisão celular, incluindo a duplicação do conteúdo da célula (à exceção do DNA e, consequentemente, do núcleo).  Durante esta fase há um ponto de controlo importante, onde a célula decide se continua o processo de divisão ou não. Se as condições necessárias estiverem reunidas (isto inclui sinais das células vizinhas, presença de nutrientes suficientes, etc.) ela continua o seu ciclo celular e divide-se, se não, entra numa fase de repouso, a fase G0 (representada na Figura 2). Algumas células do nosso corpo, como as células dos músculos esqueléticos e a grande maioria dos neurónios, encontram-se nesta fase durante todo o nosso tempo de vida, pois não nos é favorável que elas se dividam (seja por guardarem informação que não queremos perder por morte celular e nova divisão, como os neurónios, seja por não ser preciso estar sempre a substituir as células daquele tecido). [3, 4]

Após a duplicação do DNA, ou seja, a fase S, inicia-se a fase G2 onde a célula produz mais proteínas necessárias à Mitose, como os microtúbulos, que “puxam” o DNA para as células-filhas. No final desta fase há um ponto de controlo onde proteínas específicas verificam todo o DNA em busca de erros, podendo mesmo parar o ciclo nesta fase até que todo o DNA tenha sido revisto e reparado. [3, 5]

Estas 3 primeiras fases constituem a Interfase (Figura 2), ou seja, a interfase é todo o tempo que a célula passa sem estar ativamente em divisão e é onde a maior parte das células passa a maior parte do seu tempo. É durante a Interfase que ela desempenha as suas funções num organismo multicelular.

Figura 2 – Representação do ciclo celular, ilustrando a fase G0 e a divisão entre Interfase (I) e Mitose (M). Imagem de [6].
Figura 2 – Representação do ciclo celular, ilustrando a fase G0 e a divisão entre Interfase (I) e Mitose (M). Imagem de [6].

Depois da Interfase dá-se a Mitose, que consiste numa série de processos complexos que culminam na divisão da célula em duas (a Citocinese). Neste link explico mais em detalhe sobre este processo e outro processo que partilha muitas semelhanças com a Mitose denominado de Meiose.

 

Subscreve para não perderes nenhuma atualização! =)

 

Referências

  1. Cooper, G., The Eukaryotic Cell Cycle, in The Cell: A Molecular Approach. 2000, Sinauer Associates: Sunderland (MA).
  2. Caulton, S. Cell Cycle Simple. 2013; Available from: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Cell_cycle_simple.png.
  3. O’Connor, C. and J.U. Adams, The Eukaryotic Cell Cycle Consists of Discrete Phases, in Essentials of Cell Biology C. O’Connor, Editor. 2010, NPG Education: Cambridge.
  4. University of Leicester. The cell cycle, mitosis and meiosis. Virtual Genetics Education Centre [cited 2016; Available from: http://www2.le.ac.uk/departments/genetics/vgec/schoolscolleges/topics/cellcycle-mitosis-meiosis.
  5. Stimolo, L. INTERPHASE. Cyber Bridge 2007 [cited 2016; Available from: http://cyberbridge.mcb.harvard.edu/.
  6. Wheeler, R. Schematic of the cell cycle. 2006; Available from: https://en.wikipedia.org/wiki/Cell_cycle.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *